A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, teve que deixar de forma abrupta a cerimônia realizada neste domingo, em Nova York, para lembrar às vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001. Hillary sentiu se mal devido ao forte calor que faz na cidade.

Hillary estava nos jardins das torres reconstruídas do World Trade Center, onde foram lidos os nomes das quase 3.000 pessoas que morreram no atentado, no ato que também contou com a presença do republicano Donald Trump e autoridades locais.

As emissoras Fox e NBC, citando fontes anônimas de segurança, disseram que Hillary quase desmaiou devido ao forte calor. Por isso, deixou a cerimônia para se dirigir ao apartamento da sua filha, Chelsea, em Nova York. Ela foi assistida por funcionários e, quando entrava no carro que a levaria embora, perdeu um sapato apresentando sinais visíveis de não estar nas melhores condições. Momentos mais tarde como versão oficial dos fatos a imprensa relatava que ela sofria de pneumonia.

Mas este não é o primeiro incidente que nos faz afirmar que algo de errado se esta a passar com a candidata à Presidência dos Estados Unidos e que esta versão oficial dos fatos não é de todo verdadeira. Conseguimos hoje através da Internet identificar um infinito número variado de ocasiões onde ela tem ataques de tosse e dificuldade em comunicar, assim como episódios onde literalmente para de falar sem razão aparente demonstrando sinais de demência. Existe ainda quem vá mais longe dizendo que ela sofre de Parkinson.

Estará Hillary Clinton à beira de um colapso mental? Aqui deixamos alguns exemplos como prova (…)

Vídeo do desmaio nas celebrações das vitimas do 11 Setembro

Dificuldade em comunicar com publico

Sinais claros de Parkinson

Episódios de tosse constante

Discurso em Ohio em que a candidata não consegue parar tossir


Já conheces o Instagram do OH Diabo? Segue-nos em
http://www.instagram.com/ohdiabo